Psyllium – Benefícios e Para Que Serve →【Resenha COMPLETA】

O Que é Psyllium?

psyllium

É uma fibra natural que é encontrada na casca de sementes da planta denominada Plantago ovata. Possui natureza higroscópica, ou seja, absorve água e por isso pode aumentar até 20 vezes de tamanho quando em contato com líquidos.

É justamente por causa disso que ele é uma opção muito boa para quem deseja um alimento para ajudar na regulação do intestino, na perda de peso e também no combate de várias doenças.

Também conhecido como spaghula, é uma denominação comum para vários membros que fazem parte do gênero Plantago, onde as sementes servem para a produção de mucilagem. É usado comumente como fibra para dietas, pois alivia os dois sintomas, a constipação (prisão de ventre) e a diarreia e também é usado ocasionalmente como aditivo alimentar.

Pesquisas mostraram uma diminuição nos níveis de colesterol em pessoas com colesterol elevado e também diminuição nos níveis de glicose no sangue, em pessoas com diabetes tipo 2. A planta de onde a semente é retirada tolera climas secos e frios e é cultivada principalmente no norte da Índia.

A fibra solúvel do psyllium é um polissacarídeo heteroxilano, uma hemicelulose. Ele é produzido principalmente por seu conteúdo de mucilagem.

Mucilagem é um grupo de agentes gelificantes límpidos e incolores derivados das plantas. A mucilagem obtida dele vem da casca da semente, e é obtida por moagem mecânica da casca da semente. O rendimento da mucilagem é de cerca de 25% (em peso) do rendimento total das sementes.

Essa mucilagem de sementes moídas apresenta-se como um material branco fibroso que é hidrofílico, significando que sua estrutura molecular faz com que ele atraia e se ligue à água. Quando absorve a água, o gel transparente, incolor e mucilaginoso que se forma aumenta em volume em dez vezes, ou mais.

Psyllium é rico em fibras e cada 100 grs dele fornecem até 80 gramas de fibra solúvel.

O fato de ser higroscópico e aumentar muito quando em contato com água faz com que ele passe uma sensação de saciedade. Além disso a gelatina que se forma, quando ele entra em contato com líquidos, limpa a parede do intestino transportando toxinas e resíduos pelo cólon, promovendo um efeito laxante, sem causar diarreia ou dores no abdômen.

Ele reduz o apetite, desintoxica o organismo e ainda melhora a digestão. Não possui quantidade significativa de nutrientes. Possui apenas uma quantidade pequena de ferro e cálcio e não tem proteínas nem gorduras.

Principais Benefícios

fibra solúvel

Apesar de ser pobre em nutrientes, proteínas e gorduras, o consumo de psyllium pode favorecer muitos aspectos da saúde. Veja alguns dos principais benefícios do seu consumo: 

=> Melhora o Funcionamento do Intestino: Psylllium ajuda a manter os movimentos do intestino regulados, prevenindo prisão de ventre, fissuras anais e surgimento de hemorroidas. A fibra tem sido utilizada para tratamento da síndrome do intestino irritável que é uma doença inflamatória do cólon onde prisão de ventre e diarreia se alternam frequentemente.

Outra doença em que ele atua como tratamento é a colite ulcerativa e também a doença de Crohn. Um ponto interessante é que como a fibra é higroscópica ela ajuda a tratar episódios de diarreia.

Para o tratamento de câncer do colon ainda não existem resultados conclusivos das pesquisas, mas uma alimentação com bastante fibras, ajuda na eliminação de toxinas que poderiam atuar e promover um quadro cancerígeno.   

=> Controla a Glicemia: A fibra solúvel que está no Psyllium reduz a velocidade com que os carboidratos são absorvidos após serem ingeridos, controlando o nível de glicose na corrente sanguínea. Quando o açúcar entra mais devagar no sangue, faz com que se evite um pico de produção de insulina, poupando o trabalho do pâncreas e prevenindo o surgimento da diabetes tipo 2.

Quando colocado nos alimentos ele ajuda na redução de glicemia, e estudo publicado em 2012 mostrou que pessoas que consumiram psyllium nos alimentos tiveram uma baixa no nível de glicose mais estação do que o grupo que não consumiu a fibra.

Estudo publicado em 2005 mostrou que o consumo de 5 grs da fibra diariamente permite que pacientes com diabetes tipo 2 possam controlar a quantidade de açúcar no sangue.

=> Reduz a Pressão Arterial: Estudo publicado em 2007 demonstrou que o psyllium ajuda a reduzir a pressão sanguínea. Pessoas com hipertensão ingeriram uma colher de chá (aproximadamente 3,5grs) da fibra antes das principais refeições, por um período de 6 meses.

Os resultados foram uma melhora na pressão e também redução da glicemia em jejum, perda de peso e melhora nos níveis de insulina.

=> Controla o Colesterol: Vários estudos mostraram que o consumo da fibra pode ajudar a equilibrar os níveis de colesterol no sangue. Consumir o psyllium como parte saudável da dieta diária, ajudará a reduzir os riscos de desenvolvimento de doenças do coração.

A fibra melhora os níveis de gordura, causando redução no colesterol ruim (LDL) de acordo com pesquisa da Universidade da Califórnia divulgada em 2005.  

=> Favorece o Emagrecimento: Sua atividade higroscópica fazendo-o inchar causa sensação de saciedade, fazendo com que a pessoa consuma menos comida nas refeições, o que ajuda na perda de peso. Para potencializar esse efeito ele precisa ser consumido pelo menos meia hora antes das refeições com bastante líquido, assim ele terá tempo de inchar no estômago antes da refeição.

Para quem tem dificuldade em diminuir as porções de comida durante dietas, consumir a fibra pode ajudar bastante nesse quesito.

Para Que Serve

planta para regular o intestino

Sua principal função é regular o trânsito intestinal e com isso gerar outros inúmeros benefícios para nosso organismo. Primeiramente ele é digerido pelo estômago, segue para o intestino, absorvendo o excesso de água, deixando as fezes mais moles e promovendo um funcionamento normal do intestino. 

O intestino é considerado nosso “segundo cérebro”, e por isso mantê-lo sempre com saúde é primordial para reduzir inflamações, prevenir doenças e combater infecções. Como a fibra age diretamente no funcionamento do intestino, ela ajuda a potencializar os tratamentos de prisão de ventre, diarreia, colites e doença de Crohn.

Também atua nos processos de perda de peso causando saciedade quando consumido, fazendo a pessoa sentir menos fome. Participa da manutenção dos níveis de colesterol e glicose no sangue, ajudando a deixar os níveis estáveis e dentro da normalidade, evitando doenças como diabetes e hipertensão.

Efeitos Colaterais e Contra Indicações

Basicamente, se consumido dentro dos limites indicados e da forma como é prescrita não existem efeitos colaterais, mas é necessário ter alguns cuidados em seu consumo. A primeira coisa que não pode ser esquecida é manter-se hidratado, pois ele absorve muita água.

Sempre consuma a fibra com um copo de água e não deixe de beber, pelo menos, 2 litros de água durante o dia todo. Gestantes e crianças precisam de orientação médica antes de fazer uso da fibra.

Pessoas que possuam doenças pré-existentes ou má condição de saúde também precisam consultar um médico antes de consumir. Consumir em doses elevadas pode gerar quadro de prisão de vente, dores abdominais e formação excessiva de gases.

Como Tomar

fibra alimentar

A quantidade recomendada é uma colher de sopa diariamente (perto de 9 grs). Existe a fibra em cápsulas geralmente com 500mg cada uma, perfazendo um total de 7 a 8 cápsulas por dia. Por se tratar de uma fibra alimentar ele pode ser ingerido em qualquer horário, durante a refeição, ou mesmo sozinho.

É possível dividir a dose diária, tomando um pouco antes do almoço e a outra parte antes do jantar, no caso da meta ser a regulação do apetite. Evite comprá-lo com adoçante e outros aditivos, preferindo sempre sua forma mais pura. Como se trata de um alimento natural apresenta pouquíssimas restrições.

Indivíduos que consomem medicamentos como antiagregantes plaquetários, anticonvulsivos, remédios para colesterol e diabetes, só devem usar a fibra por indicação e acompanhamento de um médico. Gestantes, pessoas com problemas renais ou no esôfago também devem evitar consumir sem prescrição e acompanhamento de profissional.

O Psyllium em pó dá para diluir em sucos, shakes e água. Deixando a fibra em água por algum tempo, antes de adicionar a outra mistura, permitirá que ela inche e fique mais fácil de ser incorporada.

Também é possível acrescentar a fibra em receitas de bolos, pães e biscoitos, ou ainda polvilhar em cima de cereais, iogurtes e sopas.

Preço e Onde Comprar

Lojas de produtos naturais e de suplementos são os melhores locais para comprar o Psyllium. É possível compra-lo pela internet, porém na compra do pó a granel é melhor comprar fisicamente para ver se está mesmo levando o produto certo.

Para os suplementos em cápsulas, veja as quantidades de cápsulas e também a concentração para encontrar o melhor custo X benefício do produto. Existem muitos fabricantes para as cápsulas, e a fibra a granel pode ser encontrada em lojas de produtos naturais e zonas cerealistas das cidades.

O preço varia de acordo com a marca, quantidade de cápsulas e concentração do produto.

Nós recomendamos as cápsulas de Feminy X que contém um excelente custo-benefício, num produto 100% natural e que irá lhe ajudar a emagrecer com saúde e te trazer mais saúde. Para conhecer, basta clicar na imagem abaixo:

feminy-x-bula

Sumário
Data de Revisão
Item Revisado:
Psyllium
Classificação
51star1star1star1star1star

Sobre o autor | Website

Sabrina Alves é co-fundadora do projeto Emagrecer Para Sempre. Criou este projeto para compartilhar suas experiências pessoais de como ter um corpo magro e mais saúde.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!