Não Ignore – 12 Possíveis Sintomas Cardíacos

Porque é que a doença cardíaca tão mortal? Uma razão é que muitas pessoas demoram a procurar ajuda quando os sintomas cardíacos surgem.

Sim, alguém tomado por dor repentina no peito, provavelmente sabe pedir socorro. Mas os sintomas cardíacos nem sempre são intensos ou óbvios, e eles variam de pessoa para pessoa e de acordo com o gênero.

Não Ignore – 12 Possíveis Sintomas Cardíacos

Você segue este blog porque confia em nossas dicas sobre emagrecer com saúde, alimentação saudável, os mitos que abordamos regularmente pra te situar de algum excesso, etc.

E mesmo que você seja uma pessoa saudável, este artigo é pra te informar sobre os possíveis sintomas de uma quase morte, espero que te ajude.

Fique Atento Com Os Sintomas Cardíacos

 

  • Ansiedade.

Um ataque cardíaco pode causar intensa ansiedade ou medo da morte. Os sobreviventes aos ataques cardíacos muitas vezes falam sobre ter experimentado uma sensação de “morte iminente”.

  • sintomas cardíacosDesconforto no peito.

Dor no peito é um dos sintomas cardíacos mais clássicos de ataque cardíaco, e “o 1 º sintoma que é apontado como fator agravante”.

Mas nem todos os ataques cardíacos causam dor no peito e dor no peito nem sempre é resultado de doenças que não têm nada a ver com o coração.

  • Tosse persistente ou chiado pode ser um sintoma de insuficiência cardíaca.

Isso pode ser resultado do acúmulo de líquido nos pulmões.

Em alguns casos, as pessoas com insuficiência cardíaca tossem catarro sangrento. Fique de olho nesse tipo de sintoma ok.

  • Tonturas.

Os ataques cardíacos podem causar tontura e perda de consciência.

Daí ocorrem algumas anomalias do ritmo cardíaco potencialmente perigosos conhecido como arritmias.

  • Fadiga.

Especialmente entre as mulheres, fadiga incomum pode ocorrer durante um ataque cardíaco.

Sentir-se cansado o tempo todo pode ser característico dos sintomas cardíacos.

Claro, você também pode se sentir cansado ou desgastado por outros motivos.

  • Náuseas ou falta de apetite.

Não é incomum para as pessoas sentir-se mal do seu estômago ou vomitar durante um ataque cardíaco.

O abdômen inchado associado com insuficiência cardíaca podem interferir no apetite.

  • Dor em outras partes do corpo.

Em muitos ataques cardíacos, a dor começa no peito e se espalha para os ombros, braços, cotovelos, costas, pescoço, mandíbula, ou no abdômen.

Mas às vezes não há dor no peito – apenas dor nessas outras áreas do corpo. A dor pode ir e vir.

Os homens que têm um ataque cardíaco, muitas vezes sentem dor no braço esquerdo. Nas mulheres, a dor é mais provável a ser sentida em ambos os braços, ou entre as omoplatas.

  • Pulso rápido ou irregular.

Os médicos dizem que não há nada de preocupante sobre um batimento cardíaco ignorado ocasional.

Mas, pulso rápido ou irregular – especialmente quando acompanhada de fraqueza, tontura ou falta de ar – pode ser evidência de um ataque cardíaco, insuficiência cardíaca ou uma arritmia.

Se não for tratada, algumas arritmias podem levar a acidente vascular cerebral, insuficiência cardíaca, ou morte súbita.

  • Falta de ar.

Pessoas que se sentem sem fôlego em repouso ou com esforço mínimo pode ter uma condição pulmonar como asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC).

Mas a falta de ar também pode indicar um ataque cardíaco ou insuficiência cardíaca.

  • Suando.suor

Suar frio é um sintoma comum de ataque cardíaco.

Você pode estar sentado em uma cadeira quando, de repente, você está realmente suando como se houvesse acabado de trabalhar. Preste atenção nisso!

  • Inchaço.

A insuficiência cardíaca pode causar inchaço (geralmente nos pés, tornozelos, pernas e abdômen), bem como o ganho de peso repentino e às vezes uma perda de apetite.

  • Fraqueza.

Nos dias que antecedem a um ataque cardíaco, bem como durante o dia, algumas pessoas experimentam grave fraqueza inexplicável.

Essa fraqueza pode ser expressada por não conseguir segurar um pedaço de papel entre os dedos.

Você já sentiu algum desses sintomas cardíacos, responda nos comentários…

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!